domingo, 21 de dezembro de 2014

O Sol (31 do Lenormand)



Bem vindo Solstício de Verão!!!

Hoje o Astro Rei atinge seu pico no Hemisfério Sul. O dia amanheceu quente, apesar de estar prevista chuva para logo mais tarde [sei não, há dias que ela ficou de chegar e nada :( ].
Mas hoje, vamos homenagear ele: O Sol!

Um dos luminares naturais do baralho lenormand, o sol se encontra em uma posição entre os lírios e a lua, o que me traz uma reflexão de como a Luz pode nos conduzir da escuridão à benção. (leia-se da esquerda para a direita), o próprio movimento do sol - leste/oeste.

O sol é uma estrela considerada de quinta grandeza (termo popular), mas sua magnitude é de +4,8, apesar de não ser tecnicamente mais brilhante que as outras, pois a Próxima Centauri tem +15,5. O brilho intenso se dá por aproximação de nós - Terra. 

O sol também é o centro magnético de nossa galaxia, e em torno dele gira inúmeros corpos celestes. Mas sua importância não se dá apenas no Cosmo. Ele influencia e dita muita Lei Natural em nosso planeta e em nossos corpos biológicos - animal e vegetal, assim como nas condições meteorológicas e climáticas.

 O Astro Rei há muito tempo sempre foi, e acredito que, sempre será, considerado a face de De@s. Algumas culturas antigas o veneravam como o próprio Deus e/ou Deusa; e como tal, sempre foi respeitado e divinizado, seja no consciente como no inconsciente. 

Responsável por nutrir a vida com seus raios e gazes, ele ativa uma cadeia de metabolismo biológico que faz com que a vida tenha continuidade, e que tudo cresça com todo vigor. Sem o sol não existiria nenhuma vida! Por isso sua Luz é considerada "divina" e fonte de toda a existência. Ah, e se falando de biologia, o sol é a principal fonte de vitamina D, a qual é responsável por alimentar todo sistema imunológico, nossas defesas. [D de "Divino", D de "Defesa", D de "Doador" :) ] 

Por sua importância climática, os povos do extremo norte o viam como o Deus que nutre a Deusa Terra, e mantém a continuidade da vida; e como tal, era associado ao fogo primordial. Outros povos, como os do Oriente Médio, que observavam mais seu "movimento" (vejam esse trabalho de História da Física sobre o movimento do Sol :Aqui ) , o veneravam também como seu Deus, e responsável por conduzir todo baile celeste.

Os alquímicos vão mais profundo ainda no simbolismo da Luz solar, considerando-o a Consciência Criadora e por outros viés o Conhecimento de Tudo e a Verdade Absoluta.

No baralho lenormand o Sol representará vitória, conquista, Luz Divina, e até mesmo, em alguns casos, o Conhecimento de algo revelado. A imagem em si já nos traz algo de muito positivo, mesmo acompanhado das nuvens (6), pois é um presságio de que o mal tempo está se dissipando. Entretanto, tente olhar diretamente para o sol. (!?) Imaginou? A Luz também pode cegar! E este é o aspecto negativo dessa carta. Muitas vezes, estamos "tão certos" de nossas verdades, que acabamos cegos diante da realidade, ou até mesmo da compreensão "no outro". Portanto, toda vez que ver o sol na mesa de consulta, não se atenha somente a essa luz espetacular; observe se não se trata de uma luz que cega, e nos torna egocêntricos, egoístas, vaidosos ao extremo, megalomaníacos... 

Que todos possam desfrutar desse solstício com todas as bençãos de nosso Astro Rei.

[Ps. Uma dica: protetor solar é importantíssimo - se você for ao sol em horários extremos. Mas, procurem tomar sol in natura, ele nos nutre e nos fortalece.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário