quarta-feira, 26 de novembro de 2014

A Casa (04 do Lenormand)



A carta da casa e da torre são as únicas estruturas construídas pelo homem no baralho, e como tal ocupam uma funcionalidade própria: a de abrigar. Mas, diferente da torre, que é apenas uma parte de uma estrutura, a casa vem com sua totalidade; o que, de fato nos remete a uma obra completa, cuidada e que tem como função compor um Lar. Mesmo assim, a casa, por se tratar de uma estrutura física, pode se referir a diversos aspectos. Esta estrutura pode não só representar um Lar familiar como uma instituição, seja ela : pessoal, comercial, estatal e simplesmente lúdica.
Quando vejo a carta em uma leitura, me remeto logo as questões que envolve o ambiente familiar do consulente. Mas se tratando de aspectos profissionais, esta casa pode se referir a uma empresa; nos aspectos de saúde, esta casa pode ser um hospital; nos aspectos financeiros, esta casa pode ser um banco; nos aspectos espirituais, esta casa pode ser um templo; e por aí vai...
A casa é parte integrante e necessária em uma comunidade, é de maneira bem significativa, o local de descanso da 28, 29, 13 e as vezes abriga também a 18. 
A casa é muito mais que uma simples estrutura arquitetônica; ela é o sonho de todos em prol de constituir uma independência e privacidade. É nosso local de refúgio, onde nos sentimos protegidos.
Mas, para que esta casa se coloque a disposição favorável do consulente, ela deve estar cercada de cartas que denotem uma intimidade e propriedade; pois a casa também pode se referir a propriedade de outrem. 
A interpretação da casa deve ir muito além de mera estrutura construída para abrigar uma família; simbolicamente esta casa nos remeterá muito ao patrimônio, à nossa segurança, à nossa realização pessoal, à nossa privacidade - na qual só entra quem for convidado.
Paralelamente e de maneira muito sutil, esta casa pode se referir a nosso próprio corpo, como primeiro lar, no útero materno; e como tal, deve ser tratada com esmero.


 Observem que as casas representadas no baralho lenormand são casas bem construídas, belas e cercadas da 20 - os jardins, pois esta mesmo, nada mais é que a extensão externa da casa.
A casa é uma carta que pode agregar combinações de fáceis interpretação com qualquer carta do baralho, pois se tratando de uma estrutura física, ela pode ser construída em qualquer lugar; inclusive no navio.
A casa é basicamente a carta da proteção física do 28,29 e 13. Ela nos abriga e isola da influência de todas as outras cartas do baralho. Pode ser nosso cárcere voluntário ou involuntário. A corte de copas quando se reúne [ casa, cegonha e coração ] é sinal claro de bons agouros e propósitos de felicidade, e me remete a um Lar ou ambiente harmonioso.
A casa do lenormand pode ser tanto alugada quanto de propriedade do consulente, o que realmente importa em sua simbologia é que ela será o local de refugio, de descanso, de amor e segurança íntima do mesmo. A carta da casa tem ligação direta com algumas cartas como: chave, jardim, árvore, dama, cavalheiro, criança. E nos coloca protegidos das cartas nefasta da fauna.
De posse dessa casa, cabe ao consulente limitar o acesso do que, e de quem, não o faz bem. Os cuidados em relação a casa é de responsabilidade do próprio consulente; e se ele permitir que perigos adentrem seu Lar, só a ele cabe também expulsá-los.
Existe uma comparação legal que faço para perceber algumas nuances do contexto da casa como família, haja vista nem todo consulente estar diretamente ligado a uma estrutura familiar; muitos habitam sozinho. E neste caso, quando o consulente vive de maneira isolada ou solitária, a representação de seu lar pode estar na torre. Neste caso, seus genitores ou parentes como família estarão na casa.
Explorando a casa, perceberemos que à sua volta e dentro da mesma se agregam todas as cartas do baralho, basta deixar a imaginação e intuição fluir. Assim sendo, quando vermos a casa em uma leitura, vamos observar o que está a sua volta; isso pode ser um indicativo de como o consulente tem cuidado de seu lar; quais seus anseios; quais seus medos; quais seus projetos; e principalmente até que ponto ele é dependente ou independente.
A maioria de nós temos um lugar para chamar de lar, seja próprio ou alugado. Mas, muitos se encontram a pária da sociedade, e o lar deles são as ruas - a 22, infelizmente. :(
O lar da fauna pode ser a árvore, a montanha, e até mesmo a casa. O lar da flora pode ser o Jardim, as estradas, o mar (peixes). O lar dos nômades pode ser o navio. O lar da Luz pode ser o Sol, estrelas e Lua. E assim, todas as cartas possuem seu lar; e no final das contas encontramos o único lar próprio, indivisível e eterno de todos: o Caixão!



Tem cuidado de seu corpo como seu Templo e Lar da alma?
Sua casa física está protegida, arrumada e limpa?
Tem olhos de solidários pelos que habitam o lar da 22?

Uma ótima noite bem confortável em sua casa e de bem com seu Lar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário