terça-feira, 25 de novembro de 2014

A Carta (27 do Lenormand)



Bem apropriado este sorteio de hoje, pelo menos para mim. Acabo de sonhar coisas muito interessantes, e acordo com a esperança de renovação e novidades na minha vida.
Obs. Usarei a palavra Carta com iniciais maiúsculas para diferenciar da carta material de composição do baralho.
A carta do baralho, de ordem 27º é o envelope/Carta (a correspondência). Diferente da carta 01 (cavaleiro), esta carta, o envelope, nos remete a uma mensagem escrita ou ilustrada. A Carta no lenormand vem como representação física de ma mensagem enviada a um destinatário em específico. Geralmente nos baralhos, esta carta está lacrada, o que é um indicativo de privacidade, ou uma escrita ou mensagem destinada a alguém em específico - como as correspondências dos correios.
Na carta da Carta encontramos símbolos próprios que nos remetem a duas coisas que considero importante: uma mensagem e um segredo!
Voltando ao passado temos um exemplo de como diferenciar estes dois aspectos. As mensagens enviadas a um público ou comunidade eram conduzidas por um cavaleiro que a transmitia através da palavra oral ou documento exposto, denominado mensageiro ou porta-bandeira; as mensagens particulares, geralmente escritas com palavras ou símbolos em pergaminho, couro ou papel, eram conduzidas por pessoas anônimas e com um destino certo. Isso se dava para evitar o risco desta correspondência sofrer desvio ou roubo; e até mesmo porque estas mensagens escritas eram sempre de âmbito particular e sigiloso.
Quando vejo no baralho a Carta, me vem logo uma mensagem clara e objetiva para o consulente, e que, nem eu mesmo, como oraculista, conheço. Minha função é avisa-lo de que está prestes a receber uma informação importante e que não pode ser compartilhada; haja vista o envelope ter um cunho de algo/informação sigilosa e particular. Então, eu sempre oriento que o consulente fique atento a sua 'caixa de correio', que pode sê-la literalmente: Os Correios S/A como caixa de emails, SMS, Whatsapp etc. 
A função desta Carta é notificar, informar, avisar, ou até mesmo solicitar retorno da mensagem - como uma convocação própria e única. Lembrando que, o valor simbólico mais importante contido nesta carta é o do sigilo! Lembrem-se sempre que uma carta ou correspondência tem sempre o remetente e destinatário, portanto estamos lidando um um simbolismo endereçado a alguém e por alguém. Nada mais que isso. Até nas Cartas colocadas dentro de uma garrafa e lançadas ao mar, tem seu destinatário, mesmo que incógnito; e neste caso, pode ser um pedido sutil de socorro. 
 [lembre-se também desta simbologia quando verem o envelope/Carta e peixes juntos].
E falando em sigilo, esta carta pode sim, simbolicamente estar associado a sonhos, pois são também mensagens sigilosas de maneira onírica.
Abrir uma correspondência destinada a outro é crime! Lembrem-se disso. E como tal, devemos respeitar as Leis, tanto físicas quanto oraculares e/ou espirituais. Não cabe a nós tentar desvendar o que está escrito dentro deste envelope, ou colocar palavras no pergaminho em branco - muitas vezes representada nesta carta. Cabe somente e exclusivamente ao consulente decifrar e entender tal mensagem.
Na cultura cigana nômade também existiam mensagens sigilosas deixadas pelas estradas para outras caravanas, estas eram compostas por símbolos gravados em árvores, gravetos amontoados e até quantitativos de pedras, deixados geralmente em encruzilhadas; e só podiam ser interpretados pelo chefe do clã ou família responsável por tal leitura.
Eu, particularmente, considero esta carta como a do segredo, na qual só o consulente pode ter acesso. É claro que, se ele quiser divulgar o conteúdo desta Carta é problema dele, afinal de conta existe o livre arbítrio e também aqueles que não conseguem guardar uma informação.
Por outro lado interpretativo, esta carta também pode ser um indicativo de que o consulente precisa enviar uma mensagem e não só recebê-la; por exemplo, com o posicionamento do cavaleiro (01) na leitura. Invés dele - o consulente, ser o destinatário, ele pode se tornar o remetente. Levando sempre em conta que só ele deve portar o conteúdo da informação. 
No baralho lenormand, a Carta nunca é extraviada nem perdida [Me lembrei do filme 'Cartas para Julieta' - uma correspondência que levou 50 anos a chegar ao seu destino, mas chegou ;) ], portanto vamos cuidar com esmero que este envelope chegue ao seu destino com segurança. Qual a mensagem? Sei lá... e nem quero saber! Cabe somente ao consulente. Nosso papel é avisa-lo que : espere atentamente por uma mensagem importante. Pois nenhuma correspondência é enviada ao acaso e sem necessidade. Pois mais simples que pareça, existe uma importância; um aviso; um comunicado; uma convocação; uma declaração; ou meramente uma mensagem : lembrei de você! 

E para refletirmos:

Mantém suas informações recebidas com sigilo?
Sabe guardar segredos?
Já enviou uma mensagem a alguém especial hoje?

Um ótimo dia, recebendo boas notícias, para ti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário