sábado, 30 de novembro de 2013

A TORRE do Lenormand



Primeiro vamos deixar bem claro que a interpretação da Torre do baralho Lenormand foge completamente ao sentido da Torre - Casa de Deus, do tarô. A não ser que alguém me apresente uma Torre Lenormand caindo aos pedaços por uma força externa.

Não considero essa carta como negativa, mas de uma observação peculiar e bem detalhada. Como me embaso muito na simbologia dos elementos figurativos, procuro analisar tudo a volta do objeto principal, além dele mesmo. Então vamos lá para algumas considerações que pode ajudar em uma boa interpretação dessa carta em uma leitura.

A Torre remonta a uma estrutura muito antiga, que teve como principal objetivo orientar navegadores. Com o passar dos tempos é que ela começou a ser utilizada para diversos fins, a depender da região ou cultura.

Temos diversos tipos de torres: militar, eclesiástica, residenciais, comerciais, ornamentais, ou simplesmente logística - guindastes etc.

A torre no Lenormand pode vir representada de diversas formas, desde as mais antigas até as mais contemporâneas; e neste âmbito requer uma leitura específica.

Em geral, as Torres podem ser consideradas estruturas que comportam solidão ( salvo os casos de torres residenciais e comerciais), que não o é no baralho. Olhando por este aspecto considero a carta da torre da seguinte forma:

1- Estrutura de solidão ou aprisionamento, que necessariamente não pode ser imposta, as vezes até voluntária.
2- Estrutura de observação e alerta - (Torres militares)
3- Estrutura de ligação entre os mundos - material e divino, (Torres eclesiásticas).
4- Estrutura de reuniões e celebrações, diferente da carta do Jardim, pois na Torre as reuniões costumam ser secretas e não coletivas.

Por ser principalmente uma estrutura que em sua originalidade foi criada para orientação, a Torre no Lenormand vai nos apresentar em que aspecto de nossa vida estamos necessitando de orientação ou direcionamento [Observar os luminares próximos a ela - Lua, estrela ou Sol].

Se o Homem ou a Mulher se encontrar a frente da Torre, pode ser um convite a uma introspecção necessária, um recolhimento. 

Caso estejam abaixo da Torre, considero aprisionamento - físico, psíquico, emocional ou filosófico.

Quando usamos nossa Torre de maneira sábia, sempre vamos nos dar bem:

1- Subir nela com suas escadarias longas, ultrapassando nossos desafios, e olhar para novos horizontes!
2- Reformá-la, nos livrando de estruturas antigas e nos reciclando!
3- Adentrando-a e nos conectando com nosso Divino!

Tudo isso implícito no 6 de espadas - naipe representante da Torre Lenormand. 

A Torre pode estar sempre ligada a uma forma de "salvação"; seja ela material ou espiritual - a depender de um contexto geral das cartas envolvidas na leitura. Mas, de qualquer forma, é sempre bom analisar esta Carta com delicadeza, e jamais associa-la a destruição simbolizada na Torre do tarô.

Um comentário:

  1. Explanação prodigiosa. É, realmente, uma carta especial e gosto muito dela.
    Obrigada. Grande abraço.

    ResponderExcluir