quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Runa EIHWAZ

EIHWAZ / EOH / YEW / IWIZ / EOW

“byth utan ... unsmethe treow,
Heard, hrusan faest, hyrde fyres.
Wyrtrumun underwrethyd, … wyn on ethel”

O teixo no interior ... é uma arvore áspera,
Mas forte e firme, a guardiã do fogo,
Sustentada por raízes profundas, ... uma alegria para o lar.




Da seqüência sazonal estreitamente entrelaçada das runas, o poema muda para a primeira das arvores que aparecem como nome de runas, eihwaz (teixo). Vestígios de caráter sagrado do teixo ainda permanecem atualmente como uns resultados de sua longa associação com a morte no século XIX, e o seu freqüente uso ao longo dos séculos em cemitérios. Originalmenteseu caráter simbólico era do tipo completamente diferente. O teixo é perene, uma parte da natureza que não altera radicalmente sua aparência durante os longos meses de inverno e que, por causa disso, é um sinal esperançoso de que o mundo não está morrendo por completo, e que a estação novamente passará. O verso do poema rúnico reintegra exatamente essa interpretação simbólica do ano em diferentes metáforas:  “é uma arvore seca”, assim como o inverno é uma estação seca que não dá promessa de nada além da secura e tempo severo. Entretanto, essa natureza áspera é a grande força do teixo. Ele sobrevive e também se torna o guardião do fogo, o substituto do sol para o homem, que mantêm o andamento do lar nas condições adversas do inverno.

A frase final do verso de “teixo” é exatamente significativa. As ultimas três palavras são Wyn on ethel, “uma alegria para o lar”. Essa frase inclui duas palavras rúnicas : Wyn da runa “alegria”, e Ethel, da runa “lar”. Wyn chama a atenção novamente ao primeiro aett, e ethel para o terceiro. O teixo também aparece na runa (Yr “arco”), porém não de nome; ele é a madeira da qual os arcos são feitos.




Na leitura divinatória, pode significar:



Plano material – transformações, mudanças de emprego/residência, morte de uma situação, final de ciclos, renovação. Perda de bens.
Plano abstrato – mudanças de pensamentos, pessimismo, tristeza, esperança.
Plano sentimental – final de uma relação, chegada de um filho, perda de amizades, formação de novos grupos sociais, brigas.
Plano da saúde – doenças graves ( conseqüência de possível morte), tratamento dificultoso, cirurgias perigosas.

Plano espiritual – ligação tênue com o reino dos mortos, comunicação mediúnica, obsessão, tratamento espiritual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário