segunda-feira, 12 de março de 2012

Dinastia I, II e III


                                                                        (Narmer)

As primeiras dinastias são remanescente de um período dinástico primitivo, antes do grego Menetto elaborar o esquema de 30 dinastias.
Os soberanos governantes deste período vieram de uma cidade "lendária" This, conhecidos como Reis Tinitas. Conforme o egiptólogo Flenders Petrie, estes primeiros reis são descendentes de invasores mesopotâmios, entretanto essa teoria se torna descartável com as novas descobertas de uma cultura notável, que se tornaria a riz das civilizações clássicas.
Todo desenvolvimento cultural e politico mostra que estes habitantes não vieram de fora, e sim de cidades autônomas do Vale do Nilo.
A Primeira dinastia é marcada com a primeira unificação do Egito sob o domínio do Faraó Narmer, neste período Menphis foi construída e se torna a 1º capital politica onde a escrita é difundida, e criada as primeiras escolas iniciáticas.
Foi um período muito mais politico e tecnológico do que militar. Neste período os faraós adotavam o nome de Hórus como titulo real, que os relacionava ao deus falcão solar.
Nermer cria um sistema de províncias administrativas denominadas Sepat, porém não funciona muito bem; futuramente iria funcionar nos períodos ptolomaicos.

                                                              (Pirâmide de Saqqara)

Na segunda dinastia, entre 2.770 e 2.649 a.C a capital foi transferida para Saqqara e o primeiro rei deste governo foi o Faraó Peribsem; este resolve então adotar o nome real de Set em vez de Hórus, o que denota uma provável disputa real baseada na mitologia local. Porém uma reconciliação entre as adorações ocorre no reinado de Khasekemwy, se significa : "Os dois senhores descansam nele", ou seja, este faraó adoraria as duas divindades Hórus e Set, em prol de uma possível harmonia, ou Unificação do norte e sul.

Na terceira dinastia, 2.630 a 2611 a.C, Djoser, o segundo faraó constrói o maior edifício da época, a piramide  de Saqqara, com uma altura de 60 metros. Entretanto, com a construção de um tumulo real, chamado de Mastaba, o projeto foi muitas vezes modificado até atingir uma pirâmide de 6 degraus. O responsável pela obra foi o então tão conhecido arquiteto e sacerdote de Thoth, Inhotep I, imortalizado nas estatuas.
                                                                         (Djoser)

No final deste período, as fronteiras do Egito já estava nas primeiras cascatas do Nilo, e com a morte de Djoser encerraria o periodo dinástico inicial, conhecido como época arcaica.

Pouco se tem conhecimento sobre a cultura religiosa deste período; os registros citam com base divina, Hórus - o Maior ( em sua forma falcão solar). Mas, levando em conta as disputas citadas - Hórus X Set, isso indica uma cultura religiosa aos Neter - deuses, bem mais arcaica do que realmente conhecemos. Esta referencia à disputa de poder através dos deuses se refere a grande batalha entre o norte e sul do Egito, mitologicamente ligada ao bem e o mal.

Cronologia:

Primeira Dinastia - 3.150 - 2.925 a.C

Narmer - 3150 a 3125 a.C
Aha - 3125 a 3100 a.C
Djer - 3090 a 3080 a.C
Den - 3080 a 3000 a.C
Anedjib - 3000 a 2950 a.C
Semerkhet - 2950 a 2941 a.C
Qaa - 2941 a 2925 a.C

Segunda e Terceira Dinastia - Há divergências entre os egiptólogos Iam Show e Baines e Malék, quanto as datação, entretanto,ambas são aceitas no meio acadêmico, com uma margem de erro de 150 anos a (+) ou a (-) .

2º Dinastia                                                          3 º Dinastia

Hetepsekhemwy                                                  Nebka
Nebra                                                                 Netjerykhet (Djoser)
Minetjer                                                              Sekhemkhet
Weneg                                                                Khaba
Sened                                                                 Samakht
Nubnefer                                                            Huni
Peribsem
Khhsekhemwy

Nenhum comentário:

Postar um comentário