quarta-feira, 14 de março de 2012

A Estrela (Tarô)

                                                         (Tarô Egípcio - Silvana Alasio )

Falando de constelações, me veio alguns pensamentos sobre a Estrela do Tarô - um arcano estritamente ligado a espiritualidade, não se falando de dogmas, mas de uma essência divina dentro de nós. A estrela me transmite uma conexão mais profunda com nossa "divindade"; considerada por muitos uma lâmina de "sorte". Entretanto,  a denomino como a "Fé", e não esperança. Não falo de uma fé vazia, um acreditar consciente em algo, e sim daquela fé inconsciente, aquela que não sabemos de onde vem e que do nada nos levanta de uma crise, nos faz sair de um estado terminal, de um coma, de uma vontade de viver.
A estrela é a Luz no fim do túnel, é a faísca de luz que sinaliza o Louco a sair dos escombros da Torre. A Estrela "guia", aquela que guia nosso consciente para uma visão melhor do mundo. Entretanto, temos que ter cuidado, para que essa Fé não seja cega, ou nos deixe cego, dando lugar ao brilho em excesso, e venha ofuscar nossa realidade. A Luz da Estrela é sutil e constante, sempre se encontra presente, por mais que o céu esteja nublado.
Que nossa Estrela, nossa Fé mais profunda a natural, continue ardendo dentro de nossos corações, não deixando jamais nos desanimar pelos encalços da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário